Planner ou agenda?

Gostou? compartilhe!

Planner ou agenda?

Os planners, ou planejadores, que a gente encontra cada vez mais em livrarias e papelarias, são ótimas opções para serem usados como ferramenta de organização, tanto no ambiente de trabalho quanto na vida pessoal.

Com os processos de coaching em alta, em que as pessoas buscam mudanças com foco em novas metas e escolhas, começar pelas anotações em planners, agendas, caderninhos e lembretes pode ser uma ótima saída.

Diferenças

Os planners, muitas vezes, disponibilizam espaços diários menores para as anotações, do que algumas agendas, que mantém horários específicos para cada atividade.

 

Em contrapartida, os cadernos planejadores costumam ter tabelas e lembretes para uma melhor visão semanal, mensal e anual. Trata-se de um conteúdo prático para o seu dia a dia e um grande aliado quando a ideia é planejar estratégias para mais de um projeto ou cliente, que envolvem diferentes ações. Ou até para quem é mãe, profissional e cuida da casa, mas que não quer deixar de encaixar os treinos da academia, manicure e outros afazeres.

 

É muita coisa só para guardar na cabeça, não é mesmo?

 

Tanto os planners, que ganharam versões ampliadas, com o tempo, quanto as costumeiras e lindas agendas, exercem funções importantes e podem ser escolhidas pensando mais no design e tamanho. Vale lembrar que essa escolha depende do tipo de uso e perfil de cada usuário.

 

Elas podem ser guardadas em bolsas, mesas ou bolsos. E você, sabe em qual perfil se enquadra e qual a escolha a fazer? Podemos ajudar com algumas dicas:

  • Para quem ama escrever: se você gosta de escrever e detalhar cada uma de suas ações, o ideal é que você escolha um planner ou agenda que possua, além das anotações gerais, uma página por dia.

 

  • Para quem quer se organizar e mudar hábitos: se você é desorganizado, deve ter um planner só e preencher as tarefas diárias, semanais e mensais. Dá pra aproveitar para anotar as metas para o mês todinho e até todos os meses do ano. O principal desafio é lembrar de ler todos os dias, pela manhã ou na noite anterior. Essa prática poderá ajudar muito!

 

  • Para quem quer praticidade e mais espaço na memória: para quem não tem o hábito de escrever muito, a agenda de bolsa ou bolso podem ajudar no que é prioridade. Você escreve e deixa espaço no cérebro, sem ter que ficar repetindo mentalmente que não pode esquecer disso ou daquilo.

 

  • Para quem quer se planejar: para aqueles que amam anotar tudo, o ideal é ter uma agenda diária e um planejador em casa, para análises semanais e mensais. Você deve anotar inclusive os compromissos pessoais e deixar um tempo real para eles, por exemplo: café; almoço, tempo de deslocamento no trânsito, conferir mensagens e e-mails e jantar. Isso pode ajudar muito a controlar a vida e, ao contrário do que parece, poderá sobrar mais tempo para as coisas que deseja incluir. Como almoçar com calma e tomar um café com aquela amiga de infância...

 

Vamos se planejar?

Então mãos à obra e ótimos resultados!

 



Gostou? compartilhe!